O que são Cursos a Distância

Mesmo com tanta tecnologia a pergunta: O que é cursos a distância ? Ainda está na mente dos brasileiros!

Embora o cursos a distância esteja super em alta, parecendo até uma coisa bem atual, na verdade, o Ensino a Distância (EAD) que hoje é facilitado pelos notebooks, tablets e celulares, já existe há muitos anos.  

Só para se ter uma ideia, os registros mais remotos de cursos a distância são de um curso por correspondência, de 1728!

Pois é, dá para imaginar que de lá para cá muitas coisas mudaram, e a tecnologia avançou muito.

Assim, enquanto antes os cursos a distância tinham como carro chefe apenas cursos profissionalizantes, hoje essa modalidade está disponível para todos os níveis de escolaridade, desde o ensino fundamental até a pós-graduação.

Porém, algumas características dos cursos a distância continuam as mesmas, como a separação física e temporal entre o professor e alunos, que caracteriza o curso a distância EAD.

Outra é seu enorme potencial de atravessar barreiras geográficas, podendo levar formação para pessoas que estão longe das instituições de ensino.

o que sao cursos a distancia
o que sao cursos a distancia

Como surgiram o curso a distância no mundo

O primeiro registro de um curso a distância foi em 1728, na cidade de Boston, nos Estados Unidos, quando o professor Caleb Phillips colocou no jornal um anúncio oferecendo um curso de Taquigrafia (uma técnica para escrever à mão de forma rápida, usando códigos e abreviações) para alunos em todo o país, com materiais enviados semanalmente pelo correio.

Certamente, depois dele, surgiram outros e, a partir do século XIX, os cursos a distância começaram a ser utilizados em vários outros países como solução para pessoas que viviam distantes de instituições de ensino.

Além de novos cursos nos Estados Unidos, Suécia e Alemanha, surgiram também iniciativas na França, na antiga União Soviética, Japão, Austrália, Noruega, África do Sul, Argentina, Espanha e muitos outros países.

Embora, inicialmente, os cursos a distância eram voltados para aperfeiçoamento profissional ou como complemento da formação universitária, com o passar do tempo, passou a ser possível fazer até uma graduação completa a distância.

Podemos afirmar, sem medo de errar que, ao contrário dos cursos presenciais, que continuam semelhantes a 200 anos atrás, não se pode dizer o mesmo dos cursos a distância, que vieram evoluindo com o tempo, acompanhando a tecnologia:

  • Até os anos 1910: cursos por correspondência baseados em materiais impressos.
  • Após 1910: slides e audiovisuais como materiais adicionais.
  • 1910 até 1940: período que compreendeu as duas grandes guerras mundiais, o rádio foi utilizado para transmitir conteúdos.
  • 1950: com a invenção da TV, começaram também as primeiras experiências de telecursos.
  • 1970: TVs via satélite e a cabo usadas para transmissão de conteúdos.
  • 1990: cursos por computador (via CD-ROM)
  • 2000: internet.

Curso a distância no Brasil

No Brasil, os cursos a distância surgiram como cursos de qualificação profissional, com o registro mais remoto datando de 1904, com um anúncio nos classificados do Jornal do Brasil de um curso por correspondência de datilografia (para usar máquinas de escrever).

Porém, a partir de 1920, o Brasil já contava com os primeiros cursos transmitidos pelas ondas do rádio, que era a novidade tecnológica da época.

Depois surgiram os cursos a distância mais formais, com temas profissionalizantes e,  com o passar do tempo, os cursos a distância passaram a agregar outros níveis de ensino, como o fundamental completo e superiores.

Na década de 70, porém, os telecursos, transmitidos pela TV, viveram seu auge, embora esse modelo de curso a distância ainda convivesse com os formatos antigos, como o material impresso e o rádio, o que durou até a década de 1990.

Ainda nos anos 90, as instituições passaram a utilizar a internet para publicar conteúdos e promover interações e, nesse mesmo período, várias universidades passaram a investir em EAD, culminando na criação, em 1996, da Secretaria de Educação a Distância (SEED), do Ministério da Educação (MEC).

Assim, a partir de então, o Brasil passou a contar com uma legislação que atualmente garante, por exemplo, a validade de diplomas e certificados emitidos por cursos a distância.

Como estão os cursos a distância no Brasil

Pois é, como podemos ver, os cursos a distância, embora vivam seu auge, estão longe de serem novidade.

Hoje em dia já é uma modalidade consolidada no país, com milhares de opções de cursos, desde o ensino fundamental até a pós-graduação, atendendo milhões de pessoas.

Com todo esse avanço da tecnologia e a chegada da Internet já é possível implantar diferentes modelos de cursos a distância, desde completamente a distância, até com alguns encontros presenciais obrigatórios, ou  semipresenciais, com encontros semanais.

A tendência é que com os cursos a distância a experiência de aprendizagem seja cada vez mais acessível e flexível e que nenhuma distância sirva mais de empecilho para a aprendizagem e desenvolvimento de habilidades.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *